Transparência

Auditoria Interna

A Norte Energia trabalha no modelo de gestão de riscos corporativos, baseado no COSO ERM (padrão mundial) e na Norma ISO 31000. Com isso, a Empresa consolidou, em 2017, a Matriz de Riscos, iniciada em 2013, que permite identificar, avaliar e auditar os processos operacionais com maior risco e impacto nos resultados.

A Empresa conta ainda com uma Comissão de Ética e um Canal de Denúncias, com seus respectivos regulamentos.

Auditorias Externas

As demonstrações financeiras da Companhia são apresentadas em conformidade com as práticas contábeis adotadas no Brasil, emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPCs) e validadas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), bem como em conformidade com as normas internacionais de contabilidade (IFRS), emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB). 

Os resultados passam, regularmente, pelo crivo da auditoria externa. As Demonstrações Financeiras do exercício de 2017, por exemplo, foram auditadas pela PriceWaterhouseCoopers, pelo terceiro ano consecutivo. Anteriormente o trabalho era realizado pela Ernst & Young. 

A Norte Energia sempre escolhe Empresas renomadas e especializadas do segmento, o que reforça o compromisso com a transparência e a credibilidade de seus processos contábeis e fiscais.

No campo socioeconômico, as atividades são auditadas pela empresa JGP Consultorias e Participações, contratada pelos bancos financiadores para acompanhar a implantação e operação da UHE Belo Monte. Há, ainda, auditorias em outros campos técnicos, como missões da Engenharia Independente que avaliam as intervenções civis nas estruturas do empreendimento e nas intervenções realizadas nos municípios do entorno da Usina.