Norte Energia lança chamada externa para seleção de projetos de P&D

Data de Publicação: 20/04/2022 16:30

Iniciativa da empreendedora da UHE Belo Monte abrange 13 temas, com linhas de estudo voltadas à inovação em diversas áreas. 

A Norte Energia, empresa privada e concessionária da Usina Hidrelétrica Belo Monte, acaba de lançar nova Chamada Externa para seleção de projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). O processo abrangerá 13 temáticas, com linhas de estudo como mudanças climáticas, hidrogênio verde, biomassa, segurança de barragem, supercapacitores, processo de reflorestamento, eletrolisadores e reaproveitamento de gases de efeito estufa, entre outros. Podem participar empresas, universidades e startups, além de instituições científicas e tecnológicas com ideias inovadoras para o mercado. 

As propostas podem ser enviadas no período de 20 de abril a 27 de maio para o e-mail ped@norteenergiasa.com.br. Os documentos necessários estão disponíveis no site da empresa e o resultado da seleção será informado diretamente aos participantes. A expectativa é que os projetos selecionados sejam iniciados no segundo semestre de 2022.

A Norte Energia ressalta que as propostas deverão atender a todas as regras do Procedimento do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (PROP&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

A gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da Norte Energia, Andréia Antloga do Nascimento, destaca que a chamada visa apoiar ideias inovadoras e fomentar a ciência no país. “Com a nova chamada, a Norte Energia mantém a estratégia de investir em ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação para gerar mais segurança e eficiência para o negócio e oferecer projetos que contribuam com o setor elétrico e com a sociedade”, afirma.  
 
Sobre o programa - Regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), em atendimento à Lei 9.991/2000 e suas alterações, o Programa de P&D da Norte Energia integra uma rede de parceiros, tais como universidades, institutos de pesquisa, consultorias e o setor industrial num intercâmbio de conhecimentos para desenvolver projetos inovadores, contribuindo assim com a evolução cientifica e tecnológica e o desenvolvimento do Brasil, além de apoiar as demandas da companhia, de forma a atender suas estratégias organizacionais.