Projeto promove inclusão digital em áreas remotas da Amazônia

Data de Publicação: 24/06/2021 09:30

Promover a inclusão digital e a conectividade para fortalecer a comunicação com os moradores de áreas remotas da Amazônia. Este é o principal objetivo do Conecta Xingu, projeto desenvolvido pela empresa Norte Energia, concessionária da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que está levando internet para comunidades ribeirinhas da Volta Grande do Xingu e 11 Terras Indígenas do Médio Xingu. 

O projeto consiste na instalação de 138 antenas de internet via satélite em 70 localidades, beneficiando cerca de 8 mil pessoas. Desde março, 96 antenas já foram instaladas em aldeias, comunidades indígenas e comunidades ribeirinhas. 
“Internet, acima de tudo, é acesso democrático à informação, um direito ao exercício de cidadania que agora passa a estar disponível para as comunidades remotas do Médio Xingu”, destaca a superintendente Socioambiental da Norte Energia, Luciana Soares. 

Com o sinal de internet, informações sobre a vazão do rio Xingu e ações socioambientais da Norte Energia realizadas nessas regiões poderão ser compartilhadas em tempo real com a população local, fortalecendo o diálogo, a transparência das ações e minimizando os impactos relacionados às transformações ambientais na região. 
A implantação é feita em pontos estratégicos e atende compromissos do licenciamento ambiental - como a instalação em Unidades Básicas de Saúde Indígenas (UBSIs) construídas pela Norte Energia no Médio Xingu - e ações estabelecidas no recente Termo de Compromisso firmado pela concessionária e IBAMA para fortalecer a atuação da empresa na Volta Grande do Xingu. 

“Para além dos compromissos, considerando a importância da comunicação, sobretudo nesse contexto de pandemia, também estamos implantando antenas nas escolas indígenas que foram construídas pela empresa”, acrescenta a gestora da Norte Energia responsável pelas ações relacionadas aos povos indígenas, Nina Fassarella.

Tassila Silva, moradora de uma comunidade ribeirinha da Volta Grande do Xingu, já está usando a internet disponibilizada pela Norte Energia. “Eu nasci e me criei nessa ilha do Bacabal, e é a primeira vez que tenho internet, não sei nem mexer direito. Mas agorinha falei com minha filha que mora lá no Mato Grosso. É um privilégio para nós, que nunca tivemos isso aqui", disse.