Desenvolvimento de metodologia para o cálculo das emissões de GEE - Projeto em Execução

Em maio de 2019, a Norte Energia iniciou o projeto "GASES DE EFEITO ESTUFA", com o objetivo de desenvolver uma metodologia de cálculo de emissões líquidas de Gases de Efeito Estufa de reservatórios hidrelétricos. 

Título do Projeto de P&D: Desenvolvimento de metodologia para o cálculo das emissões líquidas de gases de efeito estufa (GEE) no reservatório da UHE Belo Monte.

Código ANEEL: PD-07427-0119/2019

Previsão para conclusão da execução: 05/2019 a 08/2022

Objetivos: 

  1. Comparar as taxas de emissão antes do fechamento do reservatório com as taxas de emissão após o fechamento do reservatório;
  2. Medir a emissão de GEE na fase de reservatório considerando: as taxas dos gases que escapam ao passar pelas turbinas em funcionamento; as variações sazonais dos fluxos brutos de GEE; emissões difusivas a jusante da barragem e a sedimentação de carbono no fundo dos reservatórios de forma permanente.
  3. Por intermédio de tais medições, desenvolver metodologia para o cálculo das emissões líquidas de GEE. A possibilidade de trabalhar com dados reais de emissão de GEE dará maior acuracidade aos resultados, permitindo, inclusive, a extensão do uso da metodologia de cálculo para outros reservatórios.


Descrição: 

O projeto prevê a realização de medições de emissão de gases de efeito estufa na fase reservatório, em momentos sazonais distintos, considerando a primeira medição na fase de comissionamento e a segunda medição com o empreendimento operando a plena carga. Os resultados serão comparados com os dados observados na fase rio, com o intuito de medir qual é a contribuição dos dois reservatórios para a emissão de GEE.

Os dados que serão obtidos poderão auxiliar no planejamento do setor elétrico brasileiro, considerando as obrigações socioambientais relacionadas à mitigação e compensação dos impactos; contribuir para estudos de impacto ambientais de empreendimentos na fase de viabilidade; e promover discussões junto ao Governo brasileiro relativas às mudanças climáticas.

Produto que será gerado: metodologia de cálculo de emissões líquidas de reservatórios hidrelétricos (que poderá ser replicada para outros reservatórios) antes e após o enchimento de um reservatório.

Investimento Previsto: R$ 3.313.887,77

Entidade Envolvida (executora):  Fundação Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos - COPPETEC via UFRJ - Universidade Federal do Rio De Janeiro